domingo, 26 de maio de 2013

Isso nem é uma receita: Douillon

Chamar isso de receita chega a ser trapaça, mas a graça do douillon é justamente essa: é delicioso, lindo, e absurdamente fácil . Utilizei massa folhada comprada pronta, este que é o detalhe maroto...  Siga as instruções da embalagem da massa, quanto ao pré aquecimento e a temperatura do forno para assar. Fiz tiras com a massa para dar um efeito, mas você pode cobrir a fruta como quiser e achar mais fácil. Utilizei peras descascadas e salpiquei açúcar (opcional) mas acredito que com maçãs também fique interessante, neste caso eu acrescentaria um pouco de canela na hora de salpicar o açúcar. Também cortei a parte debaixo da pera para dar mais estabilidade na hora de assar. Certifique-se de cobrir a fruta completamente, no máximo deixe o cabinho de fora (para dar um charme) . Para ficar mais bonito você pode pincelar com gemas por cima para finalizar. Aí  é só assar  e comer. Eu servi quente e acompanhei com um sorvete de creme e improvisei uma calda de geléia de damasco, mas aí depende do seu gosto. Resolvi não colocar medidas porque honestamente depende da quantidade de frutas que você quer fazer, e não sei o quanto um pacote de 300g de massa rende, mas acho que deve dar para fazer umas quatros frutas, no mínimo.

É massa folhada, é rico, é gostoso e dá um grande efeito na hora de servir.




Nenhum comentário:

Postar um comentário